sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Olhos Como Esmeralda



















Não posso falar o nome dela,
coisa que commumente faço em meus Poemas;
seria indelicado!

Mas ela sabe que sou de Teófilo Otoni,
a cidade das pedras preciosas,
por isso com propriedade falo:
Seus olhos têem a cor das esmeraldas
de Santa Terezinha do Goiás

e enigmáticos; como que dissessem algo a aquém
com um mistério embutido,
em que só aquela pessoa pudesse entender.
Mas também pode ser puro charme.

Sei que ela gosta de viajar,
como as esmeraldas que se encontram
espalhadas por todos os países do mundo,
semelhante aos diamantes.
E os diamantes lembram sua força e
transparência.
            É dura esta menina!

que bom que seja assim...

e por falar em viajar
amanhã é minha vez,
parto para Portugal
saindo de Irún,País Basco,
Espanha na fronteira com a França.
Cada lugar tem sua identidade!

Que sabe um dia nos encontramos na Estação Centrale
ou se preferir em Duhomo.
Algum cantinho especial na América do Norte;
ou ate mesmo nas praias quentes do norte do Espírito Santo ou
Extremo sul da Bahía

Você que sabe....


Ou melhor nosso Jesus é que sabe!

E o mais certo é nos encontramos
na eternidade, lá haverá em abundância
pedras preciosas com a cor dos teus olhos!
Postar um comentário