quarta-feira, 15 de maio de 2013

PARA COMEÇAR ESCREVER POESIA

Para começar 
escrever poesia
eu preciso
da minha propia acidez,
a doçura que as vezes me ocorre
uma folha nua
o meu olhar;
o teu gesto,



              menor que seja.



Uma folha nua.
É tudo que eu preciso. 
Postar um comentário