segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Voto Matrimonial




Não faço nenhuma promessa
Eu me entrego.

e nos deixo um conselho;
um especial conselho.

Cuidemos deste amor como planta frágil no incio
mas que sabemos que produz um fruto desejável


que sustenta , 
                          completa e 
                                                  para o bem vicia.

Nos pequenos detalhes, 
                                        na intimidade,que só nossa!
                                                               
..nas sutilezas do dia,
na beleza da fidelidade.
No afã da cumplicidade...


e comamos juntinhos ,
um pedacinho de felicidade!


Neste momento breve que é vida.

           O amor é assim, simples como as rimas pobres.
Postar um comentário